ouça agoraícone face twitter instagram

Começa nesta sexta-feira a programação especial de fim de ano da rádio pública do Recife

17.12.18 - 16H46
Reginaldo Rossi de mãos abertas apontando para cima

Preparamos uma programação especial de fim de ano que é a cara da rádio pública do Recife. Ela começa nesta sexta-feira (21), às 21h, com o especial do Rei, Reginaldo Rossi, trazendo grandes sucessos que marcaram a carreira do artista. Além do próprio Rossi, teremos interpretações de outros artistas pernambucanos que foram seduzidos pela forma como o rei do brega narrou amores e traições, como Mundo Livre S/A, Comadre Florzinha, Lula Queiroga, Otto, Lenine e Zé Ramalho.

Durante a semana, de segunda a sexta-feira, às 14h, você acompanha o Salada POP. Na terça-feira (18), Nice Lima recebe Carla Valença, produtora do Baile do Menino Deus, que completa 15 anos de encenação no Marco Zero. Já na quarta-feira (19), ela conversa com Andreza de Castro Silva e Ronaldo Almeida sobre a exposição “Um Olhar Diferente Sobre o Natal”, que retrata crianças que estão dentro do espectro autista. 

Às 16h, vai ao ar a Revista Difusora. Na terça-feira (18), Patrick Torquato conversa com o instrumentista, cantor e compositor baiano, Matheus Aleluia, e também com o cantor Paes. Na quarta-feira (19), ele recebe o artista visual Tomaz Viana, que vai falar sobre a exposição "Cultura Insonia", o cantor e compositor que lança disco solo inédito, Bruno Lins, e também Valdiene Pereira, que fala sobre a Cantata de Natal, com A Orquestra Criança Cidadã. 

Na segunda-feira (17), às 20h, o programa Toca o Terror fala da trajetória do diretor indiano M. Night Shyamalan que estreou para o mundo com o filme “O Sexto Sentido” e está lançando “Vidro” que encerra a trilogia que tem ainda as produções “Corpo Fechado” e  “Fragmentado”. O Brasil de Fato, nesta terça-feira (18), às 20h, conversa sobre direito à educação com Malu Alécio, educadora e coordenadora da Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Olinda e Recife.

Já na quarta-feira (19), o Bate Antena vai levar a palhaçada a sério. As entrevistadas Ana Nogueira (Dona Pequena) e Fabiana Pirro (Uruba) vão falar um pouco sobre a arte da palhaçaria. A participação poética, por sua vez, fica por conta da Palhaça Bandeira, de Odília Nunes. Já o Maribondo, de Johann Brehmer, fará uma locução especial - e o músico colabora, ainda, na trilha sonora. Nessa trupe cabem ainda as contribuições de Cascatinha (Gilberto Trindade) e Chicó (Williams Sant'anna). "Nenhum Palhaço a Menos" é o tema do programa.

No Recife Lo-Fi desta quinta-feira (20), às 20h, Zeca Viana apresenta uma viagem por algumas cidades do Brasil como Aracaju e Rio de Janeiro com sons de Lau e Eu, Plástico Lunar, Cidade Dormitório, O Branco e O Índio, além de novos sons pernambucanos como o projeto HTTP e Ganga Barreto. No quadro Entrevista Lo-Fi um bate-papo com o músico e compositor Jam da Silva sobre o seu processo produtivo, também participando do quadro Radiografia Lo-Fi em um especial com o seu segundo álbum solo NORD gravado em parceria com músicos da Islândia. Na sexta-feira (21), às 20h, vai ao ar o Músicas de Sexta

Sábado (22) bem cedinho, às 7h30, no Viola Caipira, Luis Gustavo fala sobre a relação entre os caipiras e a televisão, já que tanto a rádio quanto a TV foram determinantes na difusão dos instrumentistas, cantores e compositores do gênero. A partir das 8h, dá-se inicio à faixa infantil com o Rádio Matraquinha, logo após, às 8h45, vem o programa Palavras no Ar e, às 9h15, o Cantando e Brincando tem como tema a importância do natal e o quadro “Conhecendo o Artista” traz o cantor Silvério Pessoa. O programa traz ainda músicas natalinas cantadas por bandas de Recife.

Às 11h, tem Mulher na Caneca trazendo entrevistas, debates, músicas e análise das principais notícias sob uma perspectiva feminista. Já na faixa das 18h, o Lab 101 traz os trabalhos de estudantes dos cursos de comunicação. 

Domingo (23), às 9h, vai ao ar o Samba de Latada. Logo depois, às 10h, o Batucada trazendo nomes como Dudu Nobre, Negritude Júnior, Clementina de Jesus, Mariene de Castro, Revelação, Zeca Pagodinho e muito mais. A conversa com o autoral pernambucano fica por conta do de Nyto Pretinho, do grupo Cadência e a seleção de homenagem do dia vai ser para os sambas da baiana Maria Bethânia. Às 12h, você acompanha o Frevo do Mundo.