ouça agoraícone face twitter instagram

Frei Caneca FM lança editais de ocupação da grade de programação

21.12.17 - 08H00
Foto no estúdio da rádio mostra a mão do operador sobre os botões da mesa de som. Crédito: Patrick Torquato

As inscrições poderão ser feitas a partir do dia 8 de janeiro. Foto: Patrick Torquato

A sociedade civil e os estudantes universitários terão espaço garantido na grade de programação da rádio pública do Recife, através dos dois editais publicados no Diário Oficial do Recife nesta quinta-feira (21), e que receberão inscrições  a partir do dia 8 de janeiro até o dia 23 de fevereiro de 2018. A proposta é possibilitar uma maior diversidade de vozes e perspectivas na Rádio Frei Caneca FM, emissora pública ligada à Fundação de Cultura Cidade do Recife. Por meio dos editais de Ocupação e de Interprogramas, este último voltado para o público universitário, pretende-se possibilitar que cerca de 40% do conteúdo da Rádio Frei Caneca FM seja ocupado pelos programas radiofônicos produzidos pela sociedade.

As propostas de programas para o edital de Ocupação de Grade podem ser distribuídas em 25 categorias diversas, oriundas da produção independente, já desenvolvidos, e também propostas inéditas, enviadas por pessoas físicas ou jurídicas e também por rádios comunitárias outorgadas ou livres. As propostas devem ser para produtos radiofônicos com duração de 60 ou 120 minutos, para promover debates e conhecimento nas áreas da cultura, cidadania, educação, entre outros.

Já os estudantes universitários, de rede pública ou privada, serão incentivados a produzir interprogramas, de 3 a 5 minutos de duração, que se alinhem com a defesa dos direitos humanos, com o combate ao racismo, à homofobia, à intolerância religiosa, ao trabalho infantil, ao trabalho análogo ao escravo, à violência doméstica e ao feminicídio. Também será estimulada a produção de programetes que fortaleçam a cidadania, os direitos humanos, a educação, a igualdade entre gêneros, o meio ambiente, os povos e comunidades tradicionais e as pessoas LGBTTI.

Os projetos aprovados devem ser produzidos de forma voluntária, ou seja, os editais não preveem verba pública para a produção. Os programas e interprogramas serão avaliados, entre outros critérios, pela inovação e adequação técnica, pela afinidade com as diretrizes da emissora e com as propostas da Sociedade Civil para a Frei Caneca FM, que podem ser conferidas aqui. A Comissão de Avaliação e Seleção será formada por até cinco pessoas, tendo ao menos um representante da área de Comunicação, um representante de segmento artístico, e um representante da sociedade civil.

Confira mais informações nos editais:

Edital de Ocupação da Grade da Frei Caneca FM
- Edital de Interprogramas da Frei Caneca FM