ícone face twitter instagram

#DiscodaSemana - A Redenção de Pitty

30.04.19 - 14H05
Pitty lança MATRIZ

Pitty é um dos mais importantes nomes da nossa música pop, focada em rock desde o inicio de sua trajetória, ainda à frente da banda Inkoma. Forjou seu nome na cena nacional com uma música honesta, forte, performances intensas e com uma presença de palco absoluta.

Para além dos palcos e de sua obra, Priscila Leone nunca deixou de se posicionar sobre temas fundamentais e caros à nossa sociedade, desde pautas feministas a posicionamentos profissionais, suas ideias e sensibilidade a toda ordem de questões deixou sua obra sempre crítica e sobretudo atualíssima.

Desde o final dos anos 1960, com Raul Seixas, Caetano e tantos outros nomes, a Bahia passou a produzir um rock com um acento diferente, com ironia e diversificação de ritmos e misturas. Os baianos nunca deixaram de temperar as guitarras com percussão de matriz africana, de se aproximar do reggae e mesmo do baião pra cantar seu rock ‘n’ roll.

Em Matriz, lançado no último dia 26 de abril, Pitty explora muitas timbragens e sonoridades. Não deixa de ser um álbum pesado, com predominância de guitarras roqueiras, mas cheio de sofisticação e variedades, desde a participação do BaianaSystem, passando por Larissa Luz e chegando a um dos mais interessantes nomes da música baiana, mas infelizmente pouco conhecido do grande público brasileiro, Lazzo Matumbi. A doçura da voz de Lazzo dá outra dimensão para a frase “Respeite a existência ou espere resistência”, e já desde o inicio do disco aponta pra um outro caminho na trajetória da obra de Pitty.

Neste seu novo trabalho a artista parece buscar sua redenção. Com um ramo de arruda em mãos, ela mostra um imenso amadurecimento. A mulher-mãe se impõe em composições ricas de reflexão e posicionamento, potencializando o seu som a atingir um outro e novo público, sedento pelas verdades que ela traz em suas provocações, como em “Se era pra sangrar, já sangrei, se era pra perder, já perdi, se era pra chorar, já chorei. O que resta pra me redimir?”.

 

——————————————————————-

Posologia: Separe um ramo de arruda, e selecione REDIMIR em seu dispositivo,  mergulhe as folhas em infusão numa tigela com água fervida. Reserve. Depois de banhar-se por completo, deixe escorrer o líquido desta mistura do pescoço pra baixo e sinta cada palavra dita.



——————————————————————- 

O quadro #DiscodaSemana, que entrou na programação do Revista Difusora no mês de março, traz a cada semana um novo álbum como destaque. O quadro, que abre o programa, às 16h, de segunda a sexta, evidencia uma nova produção musical, tocando uma música da obra selecionada por Patricktor4, a cada dia.

*Patricktor4é DJ e Gerente de programação da Frei Caneca FM.